otimismo

otimismo
mensagem

quarta-feira, 22 de março de 2017

PRIMAVERA BELA


Gosto de passar por esta rua e descansar  meu olhar nesta bela primavera .
 Debruçada sobre o muro à beira da calçada é um convite à vida 
 Seus cachos transparentes , impecáveis em brancura e sedução me falam da importância em florescer ,não importa a estação ou as intempéries climáticas 
 Florida durante o ano todo suporta as agruras das estações . Seja tempo de florir ou não , lá está ela altiva  , imponente a nos mostrar sua resistência frente ao rigor das estações . 
 Por entre as flores , os espinhos como a nos dizer que somente os fortes conseguem passar por entre dificuldades e mesmo assim florescer .
E assim suas flores sobrepujam os espinhos e encantam os olhares de quem passa, a perder de vista...




Primavera bela
Branca, lívida ... 
Transparente.. 
Perfeita.. imaculada... 
Como perfeita 
sonhamos com a vida! 

Cultivemos nossas flores
Na simplicidade do Jardim
Não teimamos intempéries
Como faz a primavera
Num florescer sem fim 

Edite Lima

segunda-feira, 6 de março de 2017

Amar é viver o tempo do outro

Viver o tempo do outro : Daniel Freire



Para tudo há um tempo, para cada coisa há um momento debaixo do céus.” Essa frase é bem conhecida, pois foi tirada do livro de Eclesiastes da Sagrada Escritura, no capítulo 3.

Se essa verdade diz que para tudo há um tempo, logo, nós humanos também temos o nosso tempo. Cada um vive o seu tempo. “Amar é viver o tempo do outro”, disse uma vez padre Fábio de Melo.
É diferente quando queremos, por interesse, que o outro viva o nosso tempo. Isso não é amor, é egoísmo.

Amar é doação. Aquele que ama dá sua vida, ou seja, o seu tempo ao seu amado. O autor do amor deixa de viver o seu tempo para se fazer presente para o outro, gastar-se, doar-se, estar ao seu lado mesmo sem lhe dirigir uma palavra.

Nós temos o nosso tempo e Deus tem o d’Ele. São dois momentos distintos. Deus Pai deixa de viver o Seu tempo para viver o nosso. Uma das realidades mais concretas disso, na qual Deus viveu o nosso tempo, foi Jesus ter se encarnado e habitado no meio de nós (cf. João 1,14). Jesus viveu em tudo a condição humana, exceto o pecado (cf. Hb 4, 15). Cristo viveu o nosso tempo e o viverá sempre.
Deus nos proporciona situações a fim de que olhemos para nós mesmos e descubramos em que tempo estamos vivendo.

É verdade que Deus nos revela a nós mesmos, mas como viver o tempo do outro se não estamos vivendo corretamente o nosso? Logo, se eu respeitar o meu tempo, saberei viver respeitosamente o do outro.

A partir do momento em que vivemos a nossa realidade, Deus se dispõe a vivê-la também. Quando estamos sozinhos e precisamos muito de alguém para nos ouvir, na verdade, o nosso coração está pedindo:
 “Viva esse tempo comigo, traga um pouco da sua vida para a minha, pois a minha vida já não a tenho mais. Preciso me encontrar novamente e você pode me ajudar”
.
Deus coloca pessoas em nossa vida para nos encontrarmos nelas. São pessoas certas que surgem na hora certa, do jeito certo, com aquilo que nos faltava. Sendo assim, podemos experimentar a graça e o sabor do verdadeiro amor.